Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários

Emplacamentos de veículos crescem 12,64% até setembro

3 de outubro de 2018


Want create site? With Free visual composer you can do it easy.

A FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores divulgou, nesta terça-feira, 2 de outubro, os resultados dos emplacamentos de veículos no mês de setembro e no acumulado de 2018. A entidade também divulgou os dados de transferência de veículos usados, no período.

Os dados, apresentados pela entidade, mostram que, de janeiro a setembro de 2018, foram emplacados 2.650.212 veículos, considerando automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, o que representa alta de 12,64%, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Apenas em setembro, foram comercializadas 299.583 unidades, 8,5% acima do volume registrado em idêntico mês de 2017, quando foram vendidos 276.103 veículos. Entretanto, quando comparado com agosto, este volume representa queda de 14,99%, explicada pelos quatro dias úteis a menos (em setembro foram 19 dias, contra os 23 dias de agosto).

Nos segmentos de automóveis e de comerciais leves, o viés de alta segue mantido, apresentando, no acumulado dos nove primeiros meses, crescimento de 13,1%, totalizando 1.779.675 unidades. Considerando apenas setembro, estes segmentos apresentaram avanço de 5,77%, na comparação com o mesmo mês do ano passado, contudo, retração de 14,42% ante agosto de 2018.

Para o Presidente da FENABRAVE, Alarico Assumpção Júnior, a quantidade de dias úteis influenciou, significativamente, no comparativo entre agosto e setembro deste ano. “Em setembro, o mercado sofreu reflexos negativos, causados pela menor quantidade de dias úteis. Contudo, é importante ressaltar que, na média diária, houve crescimento de 3,6%, nos emplacamentos de automóveis e comerciais leves. Além disso, diante do clima das eleições, naturalmente, o mercado entra em compasso de espera”, enfatiza o Presidente.

Em contrapartida, segundo Assumpção Júnior, os indicativos econômicos, como os índices de inadimplência, que estão nos melhores patamares desde 2011, e o crescimento, mês a mês, da confiança do consumidor, estão mantendo as expectativas positivas para o mercado neste ano.

Revisão das Projeções para 2018

Por conta do atual cenário econômico nacional, e do desempenho das vendas de veículos nos três primeiros trimestres, a FENABRAVE revisou as projeções de vendas de veículos para 2018.

Para os emplacamentos totais (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários), a entidade projeta, para este ano, alta de 12,4% sobre 2017, contra os 9,8% estimados anteriormente.

A nova projeção da entidade, para os segmentos de Automóveis e Comerciais Leves, aponta para crescimento de 11,9% em 2018. Em julho, a entidade estimava que os segmentos cresceriam 9,7% no ano.

A nova projeção para o segmento de Caminhões é de 38,2% de alta, ante os 24,8% estimados em julho.

Para o segmento de Ônibus, a revisão das projeções considera avanço de 23,2% nas vendas de 2018. Em julho, a projeção era de queda de 4,1%.

O novo índice projetado, para as vendas de Implementos Rodoviários, é de 75,7%, contra 58,6% de alta da projeção de julho.

A FENABRAVE também está revendo para cima, a projeção para o mercado de Motocicletas, que deve chegar a 9,9% de crescimento, ante os 7,7% estimados anteriormente.

O segmento de Tratores e Colheitadeiras, que não contempla licenciamentos, deve registrar alta de 1,2% sobre 2017, ante estimativa anterior de crescimento, no patamar de 0,24%.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de emplacamentos de veículos NOVOS para cada segmento automotivo.

 

Mercado de veículos Usados cai no acumulado

Também influenciadas pelo menor número de dias úteis em setembro deste ano, as vendas de veículos usados, considerando todos os Segmentos Automotivos somados (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos), apresentaram leve queda, de 0,63%, no fechamento do terceiro trimestre, na comparação com igual intervalo de 2017, somando 10.452.751 unidades negociadas.

Os dados foram apresentados pela FENABRAVE – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, nesta terça-feira, 2 de outubro, e mostram que, em setembro, as vendas de veículos usados caíram 6% ante o resultado do mesmo mês do ano passado, somando 1.107.658 unidades. Na comparação com agosto de 2018, a queda chegou a 19,18%.

Se considerados apenas os segmentos de automóveis e comerciais leves usados, as vendas registraram queda de 6,86% em setembro, ante igual mês de 2017, totalizando 830.485 unidades. Mas, no comparativo com agosto de 2018, as transações caíram 19,65%.

Do total de automóveis e comerciais leves transacionados, os usados, de 1 a 3 anos de fabricação, representaram 13,25% do total negociado em setembro, e 12,11%% no acumulado de 2018.

De acordo com o Presidente da FENABRAVE, Alarico Assumpção Júnior, o mercado de veículos usados, assim como ocorreu com os novos, sofreu o abalo provocado pela redução dos dias úteis de vendas. “Foram quatro dias a menos de vendas em setembro, o que prejudicou, também, este mercado”, comentou Assumpção Júnior.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de emplacamentos de veículos USADOS para cada segmento automotivo.

 

Atendimento à Imprensa:

MCE Comunicação

Contatos: Rita Mazzuchini (Mtb 22128)

E-mails: rita@mcepress.com.br, e daniela.eventos@fenabrave.org.br.

Tels.: (11) 5582-0049 ou 2577-6533

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.